Sauna Seca


sauna seca, sauna finlandesa
Fornos Elétricos Fornos a Gás Fornos a Lenha
Fornos Elétricos sauna seca
Todas as opções de equipamentos elétricos para sua sauna
+ ver mais
Fornos Gás e lenha sauna seca
Todas as opções de equipamentos a gás para sua sauna
+ ver mais
Fornos a Lenha sauna seca
Todas as opções de equipamentos a lenha para sua sauna
+ ver mais
Sauna seca ou a vapor? Construção da sauna seca Acessórios para sauna seca
Sauna a vapor ou seca? Como decidir qual tipo de sauna é melhor para você
+ ver mais
Construção da sauna seca Passo-a-passo super completo para construir uma sauna seca
+ ver mais
Acessórios de sauna seca Acessórios para sauna seca como portas, luminárias, baldes, encostos e termômetros
+ ver mais
Sauna Terapia
Dicas para banho de sauna Dicas para aproveitar melhor sua sauna e relaxar
+ ver mais

O que é a Sauna Seca?

A sauna seca é um ambiente caracterizado pela ausência de vapor, e exposição do usuário a uma temperatura mais alta. Sua maior característica é a utilização de madeira para revestir o cômodo, além de uma série de acessórios como encostos para relaxamento, baldes e conchas para banhar os usuários, entre outros. A sauna traz uma série de benefícios à saúde, além de se tornar um local para relaxamento e sociabilização entre familiares e amigos. Aqui neste site, você terá acesso as dicas terapêuticas do banho, todas as informações para construção correta de uma sauna, além de uma variedade imensa de equipamentos elétricos, a gás e a lenha para sua sauna seca, além de acessórios.

O que é um Forno de sauna seca?

O equipamento que gera calor dentro do cômodo de sauna seca também é chamado forno. Basicamente, ele pode ser chamado assim, pois diferentemente do gerador de vapor, o forno tem a finalidade de esquentar o máximo que puder, e transmitir este calor ao ambiente. Como não possui vapor, a temperatura da sauna seca costuma ser mais alta, em torno de 60 a 80 graus.
O forno é basicamente fabricado em aço carbono ou Inox, podendo ter partes até em ferro fundido. Sua maior característica, é uma grade onde se depositam pedras dolomitas. Estas pedras ajudam a reter o calor por mais tempo, e podem ser regadas com água e essências terapêuticas que se espalham suavemente pelo ambiente.
O forno deve ser colocado dentro do cômodo de sauna seca, que deve ficar recostado em uma parede que tenha acesso à uma caixa de luz e fiação anti-chama. No caso dos elétricós, a fiação se conectará à fiação do forno. Já o forno a gás ou a lenha deve ficar com a boca de acesso à fornalha passando pela parede, tendo acesso pelo lado de fora. Por fora ele será alimentado com o queimador a gás GLP ou então com pedaços de lenha.
É importante que haja um espaço entre os usuários e o forno, por medidas de segurança, já que todo o equipamento costuma esquentar muito durante o banho de sauna.

A difícil decisão: equipamento elétrico, a gás ou a lenha?

Depois de decidido o tipo de sauna (seca ou a vapor) é preciso definir o tipo de forno que será utilizado. No mercado nacional, existem equipamentos elétricos, a gás GLP e a lenha e alguns que podem dispor da opção lenha/gás. Porém, para escolher, é melhor levar em consideração uma série de fatores, e sempre consultar o atendente de venda sobre a escolha. Nós da Cottage procuramos sempre definir o equipamento levando em consideração o custo/benefício e aquilo que atenderá as expectativas do cliente.
Vamos à algumas dicas.
Equipamentos Elétricos: O forno elétrico normalmente é fabricado em Inox e possui uma grelha para pedras dolomitas. Neste caso, o uso da caixa de luz com fiação anti-chama na parede onde o forno ficará encostado é muito importante. Apesar de ficar dentro do cômodo, o quadro de comando analógico ou digital deve sem ficar do lado de fora. Assim, o usuário já indica a temperatura desejada antes de entrar no ambiente.
Os fornos elétricos são bastante compactos em comparação com os outros tipos de equipamentos, e são ideais para espaços pequenos.
O forno de sauna seca possui um melhor aproveitamento do consumo de energia do que garadores de vapor, portanto, é sempre bom dimensionar corretamente a potência do equipamento.
É mais prática, pois a sauna a gás precisa de reposição de botijão e a sauna a lenha precisa que seja reposta a lenha da queima.
Para saunas grandes, principalmentes coletivas, é necessário que se faça uma estimativa de cálculo de consumo de energia em comparação à uma sauna gás. Levando-se em conta uma série de fatores, o consultor de vendas poderá indicar o equipamento mais econômico.

Equipamentos a Gás: São equipamentos que se alimentam de apenas um botijão de gás GLP ou de uma bateria de botijões (caso o equipamento seja muito grande). Neste nicho de mercado, não há no momento fornos a gás próprios para sistemas de gás natural.
Os equipamentos a gás já vêm com acendimento automático, alguns podem ainda incluir quadro de comando de temperatura.
Assim como os fornos elétricos, também possuem calha para a colocação de pedras.
Hoje em dia, há um crescente mercado de equipamentos a gás (seja para sauna ou aquecimento de ambientes), pois estes equipamentos tendem a ser mais econômicos. Mas, algumas pessoas ainda ficam inseguras com relação à acidentes, e neste caso, nós salientamos que se houver uma construção correta do cômodo de sauna e uma instalação bem feita, não há qualquer problema com o uso do gás, visto que o risco de uma sauna a gás é comparada à um fogão de cozinha. Ou seja, tendo um pouco de cuidado, não haverá risco de acidentes.
Os fornos são fabricados em chapa de aço carbono, bastante resistentes ao queimador que fica em seu interior. O queimador pode ter a intensidade da chama controlada, que poderá definir a temperatura da sauna. Mas, neste caso, um quadro de comando também otimizaria ainda mais o uso.
Para ambientes de saunas muito grandes, é sempre bom checar sobre a colocação de um equipamento a gás, visando assim, uma maior econômia de custos.
Se for adquirir um equipamento a gás, tenha sempre um botijão de reserva, no caso do botijão utilizado acabar.

Equipamentos a Lenha: São equipamentos que geram vapor de acordo com a queima de lenha dentro de seu reservatório, e também possuem a calha para pedras dolomitas. Os fornos de sauna a lenha são muito utilizados em fazendas, casas de campo, chácaras, sítios, onde a disposição de lenha é maior e de fácil acesso. São equipamentos fabricados com chapa de aço carbono que visam uma ótima resistência ao calor das chamas.
Os fornos a lenha são extremamente potentes, mas não tem controle de temperatura. É preciso que a temperatura seja controlada manualmente, de acordo com a alimentação de mais ou de menos tocos de madeira.
A desvantagem da sauna a lenha é que seu uso acaba sendo mais raro em áreas urbanas e pequenos espaços.
Porém, é possível utilizar o forno a lenha com o queimador a gás GLP. Ou seja, no espaço onde se coloca a lenha, pode-se adapatar o queimador que é removível. Assim, o usuário poderá escolher como pretende alimentar o equipamento.

Sauna semi-úmida? Que diferencial é esse?

Quando falamos em "sauna semi-úmida" estamos nos referindo à um ambiente de sauna seca que possui acoplado ao forno, um umidificador para o ambiente.
Algumas pessoas não gostam muito do calor seco, e preferem utilizar o umidificar para amenizar este efeito. Porém, o umidificador aumenta a úmidade local, sem provocar vapor de água.
O umidificador é uma peça que pode ser acoplada em uma marca de sauna elétrica, e também vem de fábrica em uma marca de forno a lenha.

Qual a utilidade do Quadro de Comando?

O quadro de comando é uma peça extremamente útil para uso da sauna. Quando o usuário liga o equipamento para tomar o banho de sauna, ele define no quadro de comando a temperatura desejada que quer dentro do ambiente. Assim, ele tomará o banho de sauna sem se preocupar mais com a temperatura, pois quando o cômodo atingir a temperatura desejada, o quadro faz com que a sauna desligue automaticamente. Mas, após a temperatura cair cerca de 5 graus, o quadro religa a sauna. Portanto, ele mantém a temperatura estável e ainda gera economia de energia/gás ao longo do tempo.
Equipamentos elétricos vêm obrigatoriamente com o quadro, seja ele analógico ou digital, lembrando que a segunda opção é mais precisa com relação à temperatura (ela não chega a cair nem 5 graus).
Já os equipamentos a gás podem vir com o quadro analógico.
O quadro é sempre instalado ao lado de fora do cômodo, porém é preciso analisar onde será melhor colocado.

:: últimas Notícias

    :: Nossa Loja

    loja
    Loja Virtual
    Conecte-se conosco:
    Nosso blog com dicasSiga nosso twitterSiga nosso facebookFale pelo Messenger


    Cottage - Casa e Lazer (12) 3942-3603 - COTTAGE@COTTAGE.COM.BR
    Rua João Rodolfo Castelli, 551 Putim (próximo à Rod. Tamoios) - São José dos Campos/SP